Blynk – Como utilizar com ESP8266 ESP-01, NodeMCU e Wemos D1

Blynk – Como utilizar com ESP8266 ESP-01, NodeMCU e Wemos D1

Nesta postagem vou ensinar a utilizar o Blynk em conjunto com o ESP8266 ESP-01, NodeMCU e Wemos D1. O Blynk aliado a estas plataformas vai possibilitar que você desenvolva projetos Iot e de automação residencial utilizando rede WiFi.

Se ainda não conhece o Blynk, recomendo que leia a postagem Conhecendo o Blynk, pois nela apresentei a ferramenta, mostrei as opções de configurações, mostrei as funções básicas e ensinei a instalar o pacote de bibliotecas na IDE do Arduino. Além disso, na postagem há informações importantes para que você possa continuar a leitura deste artigo.

Há uma lista bem extensa de plataformas suportadas pelo Blynk. O uso da ferramenta com estas plataformas é algo bem simples e prático de ser feito, e o resultado final é muito interessante.

Caso esteja à procura de uma ferramenta que permita controlar a plataforma remotamente de qualquer lugar do mundo através da internet, certamente o Blynk é uma ótima opção.

O intuito desta publicação é ensinar a utilizar o Blynk com o ESP8266 ESP-01, NodeMCU e Wemos D1. Basicamente, faremos a conexão de cada uma das plataformas e em seguida vamos carregar um código na placa e executar uma prática simples, que no caso é acender e apagar um LED.

O resultado final em ambas as plataformas será o mesmo, contudo, vou explicar cada uma delas de forma separada.

Blynk e ESP8266 ESP-01

Você irá precisar dos seguintes itens para prosseguir:

Módulo WiFi ESP8266 ESP-01
Adaptador Conversor USB Serial TTL PL2303HX
Protoboard
Cabos jumper macho-macho
Cabos jumper macho-fêmea
Cabos jumper fêmea -fêmea
Chave Táctil (Push Button)
LED
Resistor de 68Ω

Faça as ligações conforme o esquema abaixo:

ATENÇÃO: FAÇA TODAS AS LIGAÇÕES COM SEU ESP-01 DESCONECTADO DA ALIMENTAÇÃO.

img01_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Para conectar o ESP-01 ao computador é necessário utilizar um conversor USB Serial. Utilizei o PL2303HX, contudo, você pode usar qualquer conversor USB Serial que forneça 3.3V para alimentação do ESP-01. Note também que foi utilizado um push button no esquema de ligação. Este botão será utilizado sempre que for conectar o ESP-01 ao computador para fazer o envio de código através da IDE do Arduino. Para colocar o ESP-01 em modo de gravação é necessário que o GPIO0 esteja conectado ao GND no momento em que conectar a placa ao computador.

Considerando que você já tenha montado o esquema de ligação, mantenha o botão pressionado, conecte o conversor USB serial ao computador e em seguida solte o botão. Veja abaixo como deve ser feito:

img02_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Ao realizar este procedimento o ESP8266 entra em modo de gravação.

Se você utiliza alguma versão da IDE do Arduino inferior a 1.6.12, acesse a postagem Wemos D1 – Configurando a IDE do Arduino, veja como instalar o pacote ESP8266 na IDE e em seguida retorne para continuar.

Abra a IDE do Arduino e acesse o menu “Arquivo”, “Exemplos”, “Blynk”, “Boards_WiFi” e “ESP8266_Standalone”:

img03_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Com o arquivo aberto, vá até a linha char auth[] = “YourAuthToken”; apague o texto YourAuthToken e adicione o seu AuthToken (para mais detalhes sobre como obter o AuthToken, clique AQUI):

img04_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No código você deverá inserir o nome da sua rede WiFi na linha char ssid[] = “YourNetworkName”; e a senha deverá inserir na linha char pass[] = “YourPassword”;:

img05_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No menu “Ferramentas” da IDE, selecione a opção “Placas”, role a lista e selecione “Generic ESP8266 Module”:

img06_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No menu “Ferramentas”, selecione a opção “Porta” e marque a porta COM em que sua placa foi alocada. Caso não saiba em qual porta COM sua placa foi alocada, basta retornar no menu Iniciar do Windows, acessar a opção Dispositivos e Impressoras e verificar a porta em que seu conversor USB serial está conectado, retornar na IDE e selecionar a porta COM.

Em seguida, clique no botão para enviar o código ao ESP8266 e aguarde o carregamento.

OBS: conforme já informado anteriormente, sempre que for enviar um novo código ao ESP8266, será necessário desconectar o conversor da USB, colocar a GPIO0 conectada ao GND (manter pressionado o botão antes de conectar o conversor USB serial) e inserir o conversor novamente na porta USB. Caso não faça desta forma, irá receber os erros espcomm_sync failed / espcomm_open failed / espcomm_upload_mem failed. Se tentar carregar o código no ESP8266 sem o mesmo estar em modo de gravação, também irá receber o erro:

img07_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Terminado o carregamento do código, abra o app Blynk em seu dispositivo móvel Android ou iOS, faça login e acesse o seu projeto. Se ainda não tem o projeto criado no Blynk, clique AQUI e leia a postagem para aprender a fazer as devidas configurações do projeto. Seu projeto deverá ser criado com as seguintes configurações:

img08_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Na tela principal do projeto, vá até a lista de widgets, selecione o “Button” para que ele seja inserido no contêiner do app:

img09_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Com o widget inserido no contêiner principal, clique sobre ele para acessar as configurações e em seguida configure conforme a imagem abaixo:

img10_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Terminado a configuração, clique no botão de “Play” para iniciar a conexão e em seguida confira se seu ESP-01 no está online:

img11_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Agora basta pressionar o botão no Blynk para acender ou apagar o LED. Veja no vídeo abaixo o funcionamento:

OBS: se a conexão entre o ESP-01 e o Blynk não funcionar, desconecte o conversor USB serial do computador e conecte novamente (SEM pressionar o botão) para que a placa seja iniciada sem o modo de gravação habilitado.

O conversor USB serial só será necessário quando você precisar fazer upload de código para o ESP-01. Caso contrário, basta fazer a alimentação do ESP-01 com uma fonte de 3.3V e seu projeto vai estar funcionando.

Blynk e NodeMCU

Você irá precisar dos seguintes itens para prosseguir:

– NodeMCU WiFi ESP8266 ESP-12E (v2 Amica / v3 Lolin)
Protoboard
Cabos jumper macho-fêmea
– LED
– Resistor de 68Ω

Faça as ligações conforme o esquema abaixo:

ATENÇÃO: FAÇA TODAS AS LIGAÇÕES COM SEU NODEMCU DESCONECTADO DA ALIMENTAÇÃO.

img12_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Diferente do ESP-01, O NodeMCU não necessita de um conversor USB serial externo para upload de código, pois a placa já conta com um conversor USB serial integrado e além disso o modo de gravação é habilitado / desabilitado de forma automática, sem necessidade de colocar o GPIO em nível baixo manualmente.

Se você utiliza alguma versão da IDE do Arduino inferior a 1.6.12, acesse a postagem Wemos D1 – Configurando a IDE do Arduino, veja como instalar o pacote ESP8266 na IDE e em seguida retorne para continuar.

Abra a IDE do Arduino e acesse o menu “Arquivo”, “Exemplos”, “Blynk”, “Boards_WiFi” e “NodeMCU”:

img13_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Com o arquivo aberto, vá até a linha char auth[] = “YourAuthToken”; apague o texto YourAuthToken e adicione o seu AuthToken (para mais detalhes sobre como obter o AuthToken, clique AQUI):

img14_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No código você deverá inserir o nome da sua rede WiFi na linha char ssid[] = “YourNetworkName”; e a senha deverá inserir na linha char pass[] = “YourPassword”;:

img15_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No menu “Ferramentas” da IDE, selecione a opção “Placas”, role a lista e selecione “NodeMCU 1.0 (ESP-12E Module)”:

img16_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No menu “Ferramentas”, selecione a opção “Porta” e marque a porta COM em que sua placa foi alocada. Caso não saiba em qual porta COM sua placa foi alocada, basta retornar no menu Iniciar do Windows, acessar a opção Dispositivos e Impressoras e verificar a porta em que sua placa está conectada, retornar na IDE e selecionar a porta COM.

Em seguida, clique no botão para enviar o código ao NodeMCU e aguarde o carregamento.

Terminado o carregamento do código, abra o app Blynk em seu dispositivo móvel Android ou iOS, faça login e acesse o seu projeto. Se ainda não tem o projeto criado no Blynk, clique AQUI e leia a postagem para aprender a fazer as devidas configurações do projeto. Seu projeto deverá ser criado com as seguintes configurações:

img17_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Na tela principal do projeto, vá até a lista de widgets, selecione o “Button” para que ele seja inserido no contêiner do app:

img18_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Com o widget inserido no contêiner principal, clique sobre ele para acessar as configurações e em seguida configure conforme a imagem abaixo:

img19_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Terminado a configuração, clique no botão de “Play” para iniciar a conexão e em seguida confira se seu NodeMCU está online:

img20_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Agora basta pressionar o botão no Blynk para acender ou apagar o LED. Veja no vídeo abaixo o funcionamento:

Blynk e Wemos D1 R2

Você irá precisar dos seguintes itens para prosseguir:

Wemos D1 WiFi ESP8266 ESP-12E
Protoboard
Cabos jumper macho-fêmea
LED
Resistor de 68Ω

Faça as ligações conforme o esquema abaixo:

ATENÇÃO: FAÇA TODAS AS LIGAÇÕES COM SUA WEMOS DESCONECTADA DA ALIMENTAÇÃO.

img21_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Assim como o NodeMCU não necessita de um conversor USB serial externo para upload de código, a Wemos D1 também não precisa, pois também já conta com um conversor USB serial integrado e além disso o modo de gravação é habilitado / desabilitado de forma automática, sem necessidade de colocar o GPIO em nível baixo manualmente.

Se você utiliza alguma versão da IDE do Arduino inferior a 1.6.12, acesse a postagem Wemos D1 – Configurando a IDE do Arduino, veja como instalar o pacote ESP8266 na IDE e em seguida retorne para continuar.

Abra a IDE do Arduino e acesse o menu “Arquivo”, “Exemplos”, “Blynk”, “Boards_WiFi” e “NodeMCU”:

img22_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

A Wemos D1 R2 e o NodeMCU possuem a mesma base, que no caso é o ESP-12E. Portanto, o código utilizado em ambas é o mesmo.

Com o arquivo aberto, vá até a linha char auth[] = “YourAuthToken”; apague o texto YourAuthToken e adicione o seu AuthToken (para mais detalhes sobre como obter o AuthToken, clique AQUI):

img23_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No código você deverá inserir o nome da sua rede WiFi na linha char ssid[] = “YourNetworkName”; e a senha deverá inserir na linha char pass[] = “YourPassword”;:

img24_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No menu “Ferramentas” da IDE, selecione a opção “Placas”, role a lista e selecione “WeMos D1 R2 & mini”:

img25_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

No menu “Ferramentas”, selecione a opção “Porta” e marque a porta COM em que sua placa foi alocada. Caso não saiba em qual porta COM sua placa foi alocada, basta retornar no menu Iniciar do Windows, acessar a opção Dispositivos e Impressoras e verificar a porta em que sua placa está conectada, retornar na IDE e selecionar a porta COM.

Em seguida, clique no botão para enviar o código ao NodeMCU e aguarde o carregamento.

Terminado o carregamento do código, abra o app Blynk em seu dispositivo móvel Android ou iOS, faça login e acesse o seu projeto. Se ainda não tem o projeto criado no Blynk, clique AQUI e leia a postagem para aprender a fazer as devidas configurações do projeto. Seu projeto deverá ser criado com as seguintes configurações:

img26_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Na tela principal do projeto, vá até a lista de widgets, selecione o “Button” para que ele seja inserido no contêiner do app:

img27_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Com o widget inserido no contêiner principal, clique sobre ele para acessar as configurações e em seguida configure conforme a imagem abaixo:

img28_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Terminado a configuração, clique no botão de “Play” para iniciar a conexão e em seguida confira se sua Wemos está online:

img29_blynk_como_utilizar_com_esp8266_esp-01_nodemcu_e_wemos_d1_iot_tablet_smartphone_android_iphone_automacao_residencial_arduino

Agora basta pressionar o botão no Blynk para acender ou apagar o LED. Veja no vídeo abaixo o funcionamento:

Viu como é simples utilizar o ESP8266, NodeMCU e Wemos D1 com o Blynk? Agora que você já sabe utilizar estas plataformas em conjunto com o Blynk, poderá implementar projetos voltados para Internet das Coisas ou poderá desenvolver um projeto de automação residencial e tudo isso através de conexão sem fio.

Gostou desta postagem? Então deixa seu comentário, dúvida ou sugestão aí embaixo!

Loja online: https://www.masterwalkershop.com.br
Fan page no Facebook: https://www.facebook.com/masterwalkershop

Nos ajude a espalhar conhecimento clicando no botão de compartilhar (f Like) que está mais abaixo.

Obrigado e até a próxima!

Blynk – Como utilizar com ESP8266 ESP-01, NodeMCU e Wemos D1
1 votos / Média de avaliação: 5 / Pontuação: 100%


Postagem anterior:
Próxima postagem:
Postagem feita por

Formado em Engenharia da Computação pela Faculdade Presidente Antônio Carlos, fundador e CEO da MasterWalker Electronic Shop. Se preocupa com o aprendizado dos seus clientes e daqueles interessados em aprender sobre Arduino e plataformas embarcadas em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *