Como usar com Arduino – Sensor Medidor de Tensão DC 0-25V

Como usar com Arduino – Sensor Medidor de Tensão DC 0-25V

Powered by Rock Convert

img00_ como_usar_com_arduino_sensor_medidor_de_tensao_dc_0_25v _detector_fonte_multtimetro_voltimetro_uno_mega_nano

– Descrição:

Sensor Medidor de Tensão DC 0-25V tem como função fazer medições de tensões contínua (VDC) na faixa de 0V a 25V. Seu princípio de funcionamento é baseado em divisores de tensão. Na entrada do módulo, pode ser conectado um valor de tensão DC até cinco vezes maior que o VCC da porta analógica. Para Arduino, por exemplo, pode ser conectado até 25V (5V * 5) e para entrada de 3,3v será suportado até 16,5v (3.3V * 5). A resolução do ADC (conversor analógico digital) do Arduino é de 10 bits, portanto, a resolução do sensor de tensão será de 0,00489V (5V / 1023). Logo, a tensão mínima na entrada para que o sensor possa realizar a leitura é de 0,02445V.

– Especificações e características:

– Tensão de entrada: 0 a 25V
– Faixa de detecção: 0,02445 – 25VDC
– Resolução analógica: 0,00489VDC
– Valor dos resistores: R1 30K Ω e R2 7,5K Ω
– Proporção de divisão: 5:1
– Tolerância do resistor: 1%

– Aplicações:

Projetos com Arduino ou outras plataformas microcontroladas em que seja necessário medir tensão DC de até 25VDC.

– Proposta da prática:

Utilizar o Sensor Medidor de Tensão DC 0-25V em conjunto com o Arduino para fazer a medição da tensão DC na saída de uma Fonte de 12V 1A. A tensão medida será mostrada no monitor serial do ambiente de programação do Arduino.

– Lista dos itens necessários:

01 – Arduino com Cabo USB
01 – Sensor Medidor de Tensão DC 0-25V
03 – Cabos Jumper macho-fêmea
01 – Fonte DC 12V 1A Bivolt Chaveada

OBS: para os testes você pode utilizar outra fonte de tensão de até 25VDC ou algum circuito em que queira medir a tensão DC.

– Esquema de ligação da prática:

img01_ como_usar_com_arduino_sensor_medidor_de_tensao_dc_0_25v _detector_fonte_multtimetro_voltimetro_uno_mega_nano

– Tutorial de instalação e configuração do ambiente de programação do Arduino:

Arduino – Instalação e Configuração da IDE no Windows

– Importando bibliotecas para o ambiente de programação do Arduino:

Arduino – Importando bibliotecas para a IDE

– Código:

– Resultado final:

Gostou desta prática? Então deixa seu comentário, dúvida ou sugestão aí embaixo!

Loja online: https://www.masterwalkershop.com.br
Fan page no Facebook: https://www.facebook.com/masterwalkershop

Nos ajude a espalhar conhecimento clicando no botão de compartilhar (f Like) que está mais abaixo.

Obrigado e até a próxima!

Seu feedback é muito importante! Que tal dar uma nota para esta postagem?! Faça sua avaliação aqui embaixo.



Postagem anterior:
Próxima postagem:
Postagem feita por

Formado em Engenharia da Computação pela Faculdade Presidente Antônio Carlos, fundador e CEO da MasterWalker Electronic Shop. Se preocupa com o aprendizado dos seus clientes e daqueles interessados em aprender sobre Arduino e plataformas embarcadas em geral.

Existem 6 comentários para esta postagem
  1. moises franco caus às 15:22

    penso em usar esse sensor em meu TCC, ai no caso seria para medir uma tensão de 200mV a 800mV, será que esse sensor é apropriado? voces tem ele na loja para venda?

    • Euler Oliveira Autor às 08:21

      Olá Márcio.

      Agradeço pelo comentário!

      Conforme informado no texto, o limite de leitura é de 25V.

      Qualquer valor que exceda o limite, com certeza tem risco de danificar a o sensor.

    • Euler Oliveira Autor às 11:20

      Olá Josimar.

      Agradeço pelo comentário!

      Provavelmente porque ainda ninguém quis utilizar com ESP8266 e você está sendo um dos primeiros ou porque quem utilizou com ESP8266 não criou nenhum tutorial. De qualquer forma, basta você ler o código disponível nesta postagem e adaptar para o ESP8266, pois não tem segredo.

      A parte mais interessante desse mundo maker é isto: colocar na prática projetos que tenhamos em mente, mesmo que para isso tenhamos que fazer do zero caso não seja encontrado nenhum tutorial pronto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *